Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Como organizar a rotina de estudos em tempos de pandemia

  • Publicado: Segunda, 25 de Maio de 2020, 13h45
  • Última atualização em Segunda, 25 de Maio de 2020, 13h56
  • Acessos: 1626

Por Monica Coeli S. Soares*

E agora, como ficarão meus estudos com a suspensão das aulas e com o isolamento social? Esta pergunta esteve e está presente, martelando em nossas cabeças, nesses últimos 60 dias em que estamos vivendo em isolamento social. Estão sendo momentos de muita angustia e ansiedade, pois estamos em casa de forma diferente, que foge aquele prazer de estarmos em casa quando estamos com nossas vidas funcionando com o dinamismo habitual, de acordar cedo para ir pra aula, de precisar estudar para a prova, para a apresentação de trabalhos. Agora ficamos em casa sem rumo, sem norte. Só comendo, dormindo , assistindo séries, filmes, falando no WhatsApp. Mas parece que isto já está enjoando...

Está na hora de organizar esta bagunça. Este estado confuso, ansioso e as vezes desesperador que estamos vivendo é típico de situações caóticas como as pandemias, catástrofes e desastres onde a vida das pessoas é desorganizada, extinta e afetadas por grandes abalos desestruturantes. Um dos pontos considerado central para o estabelecimento do equilíbrio é ajudar a pessoa a reencontrar o sentido de sua vida. A tarefa é um tanto complexa, precisa esforço da pessoa a partir da consciência de que precisa silenciar sua mente dos pensamentos limitantes que a paralisam numa ideia (ou ideias) fixa(s). é preciso atitude reflexiva dos fatos, buscando aceitar que houve mudanças significativas em sua realidade. Desta forma, é importante uma viagem para dentro de seu foro íntimo em busca do sentido da vida. O sentido e a razão da nossa existência nos mostram o caminho a seguir, é (deve ser )o fundamento de nossas escolhas na vida.

Rotina

A rotina é uma grande aliada nesse momento de isolamento social para organizarmos nossas vidas, ajuda a colocarmos dinâmica no dia a dia. Nesse momento, nossos dias precisam ser minimamente diferentes para não entrarmos em clima de desânimo, não criarmos ambiente mental ocioso(sem atividade criativa, produtiva) propício a pensamentos mórbidos. Vamos organizar a semana pensando no dia que vamos cozinhar algo diferente, que vamos fazer aquela arrumação na estante, no guarda roupas que há muito tempo está sendo prometido. No dia da reunião do grupo de trabalho ou estudo, ou da live aproveite para sair do trivial, ou melhor do pijama , da roupa folgadona. Apronte-se como se fosse sair maqueie-se, vista-se como se fosse trabalhar, ir para a balada, para malhação. Cada programação requer um figurino.

Organização da rotina de estudos

Com a pandemia do COVID 19 nossa vida acadêmica sofre um grande abalo com  ameaça de perdemos um ano de estudos. Este fato nos remete a reflexão do significado do estudo em nossas vidas, nos leva as questões: por que é importante estudar? Por que temos que estudar? Agora que a escola parou temos necessidade de estudar neste isolamento social? É necessário termos essas respostas para darmos significado ao ato de estudar mesmo sem ir a escola.

Em nossa sociedade a cultura de frequentar a escola para adquirirmos cultura e conhecimento é universal, mas de onde vem esta ideia do papel fundamental da escola para esta atividade? Será que quem não vai a escola não pode adquirir conhecimentos? Poucos de nós questionaram e foram a fundo para descobrir o significado desta crença. Isso reflete um de nossos automatismos[1] no desenvolvimento de nossas vidas.

Esta forma de encararmos a ida a escola nos remete a outros comportamentos e a postura de estudante que adotamos. Quantos de nós pensamos no planejamento de estudos? Na forma como aprende e nos seus próprios métodos de estudos? Esses pequenos comportamentos são fundamentais para nossa vida estudantil, podendo nos fazer estudantes ativos e proativos. Quando somos ativos criamos nosso método de estudo e estilo de aprendizagem, quando pro ativo estamos para além do que o professor nos ensina, vamos em busca do conhecimento com um olhar investigativo e criativo. Ao criar um estilo de aprendizagem, organização e método de estudo você não depende  totalmente de um mediador para dar norte a sua aquisição de conhecimentos, você é o gestor do seu desenvolvimento estudantil.

Algumas dicas para a organização da rotina de estudos nesses dias de isolamento social.
  1. Procure conhecer o Plano de Curso (PPC)do curso no qual você está matriculado

    1. Analise a grade curricular e verifique as ementas das disciplinas do semestre/ano que está cursando;

    2. Identifique disciplina que te atraem, te interessam

    3. Investigue as referencias bibliográficas das disciplinas

  2. Com o conhecimento do PPC do seu curso, organize um Plano de Estudos. Considerando que este plano representa um roteiro, um mapa que dará sentido a sua caminhada. Para isso é importante

    1. Estabelecer objetivos e metas: neste momento você irá pensar onde quer chegar, o que quer alcançar;

    2. Crie um método de estudos: aqui você vai criar as estratégias de estudo. Como você irá estudar as disciplinas. Você vai realizar leituras ( ver técnicas de leituras), resumos, resenhas, esquemas, mapas mentais.

  3. Organize sua rotina. Relacione as coisas que precisa e gosta de fazer durante o dia/semana. Escreva todas desde as menos importantes e desnecessárias as mais importantes e necessárias. Em seguida classifique-as e depois insira confo

  4. rme suas prioridades em um cronograma de atividades semanais

  5. Organize o tempo para estudar (Cronograma de atividades semanais). A organização do tempo de estudo é seu planejamento semanal. Onde você de acordo com suas metas irá elaborar, num período, uma agenda onde as disciplinas que você eleja para estudar estarão organizadas nos dias e horários considerando outras atividades importantes.

    1. Não se esqueça de considerar nesta organização do tempo outras atividades que farão parte de sua rotina. Neste momento é muito importante o tempo livre para fazer coisas que te proporcionam prazer, descanso e socialização;

    2. Para quem está iniciando, é importante estabelecer metas pequenas e não exigir muito de você. Mas cuidado para não relaxar e procrastinar seu compromisso pessoal.

    3. Observe o seu ritmo de estudo e gerencie o que estudar. Nos horários que você geralmente tem mais disposição para estudar procure estudar aqueles conteúdos e, disciplinas mais difíceis.

  • Revisão do Plano de Estudo. Eleja um período para seu plano de estudo e o revise em seu término. Você poderá eleger ou não novos objetivos e metas e um novo horário.

As redes sociais e a rotina de estudo.

Como podemos utilizar as redes sociais (Instagram, Facebook, Youtube) a favor da nossa rotina de estudos nesta conjuntura pandêmica? Não perdendo o foco do seu Plano de estudo você pode utilizar os canais e espaços das redes sociais:

  1. Participando de lives, assistindo webconferências.
  2. Pesquisando e estudando matérias em sites de revistas de organizações cientificas ou jornalísticas de acordo com seus interesses e objetivos.
  3. No Instagram, YouTube você pode seguir contas que compartilham dicas sobre os mais variados assuntos desde a organização de sua agenda, cronograma, métodos de estudos até assuntos relacionados as disciplinas

A proposta deste texto foi trazer algumas reflexões sobre este tempo desafiador que o mundo está vivendo e que esta trazendo para cada um de nós o ressignificar e o reinventar de nossas existências. A vida de estudante e a vida profissional é um ponto central na existência de qualquer ser humano, por nos levar a construção da nossa identidade adulta e profissional. Num mundo cheio de apelos e estímulos mentais, pensar sobre o que somos e o que queremos da vida, é fundamental para vivermos experiências e realizarmos escolhas conscientes com maiores probabilidades de alcançarmos êxitos.

 [1] Agir sem pensar, fazer por que todo mundo faz.

* Sobre a autora: Mônica Coeli Souza Soares é Psicóloga, Mestra em Educação pela UFRRJ. Orientadora Profissional, Carreira e Aposentadoria. Atualmente atua no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará, Campus Castanhal

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->