Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Setembro amarelo: sensibilidade e valorização da vida

  • Publicado: Sexta, 06 de Outubro de 2017, 11h42
  • Acessos: 81

Durante o mês de setembro, diversas atividades foram realizadas dentro da temática “Setembro Amarelo: Cuide, Abrace, Acolha”, visando a sensibilização para a prevenção ao suicídio, foco da campanha, e a valorização da vida, procurando fazer um diálogo com os alunos sobre o tema da campanha, ressaltando o valor da vida como desafio, como doação, como relação, como construção.

Além das atividades e conversas em sala de aula já realizadas ao longo do mês, na manhã do dia 27, quarta-feira, aconteceu a palestra “Setembro amarelo: suicídio um problema de saúde pública” com as voluntárias do Centro de Valorização a Vida, Zuleide e Edineia Mesquita, que contaram como funciona o trabalho de apoio emocional realizado pelo CVV e a importância de falar sobre o assunto para prevenir o suicídio, atendendo de forma voluntária e gratuita todos aqueles que querem e precisam conversar (https://www.cvv.org.br/ ou telefone 141).

Após a palestra, atividades de dança, descontração e integração fizeram todos se movimentar no ginásio de esportes. Já pela tarde, foram desenvolvidas práticas de terapias integrativas com terapeutas reikianos André Jailson e Linda Mayumi.

Na tarde da quinta-feira, 28, uma roda de conversa reuniu alunos, professores e servidores no campus. Na ocasião, o professor de filosofia Sandro Rodrigues coloca que os números chamam a atenção para refletir e pensar em alternativas, em soluções. Em algum momento, há a falta de metas, de horizontes e a pessoa já não dá mais importância aos atos da vida, do trabalho, estudo, família, das relações sociais. Mesmo com o sofrimento, é importante falar que existem outras possibilidades de “buscar caminhos e sentidos novos para nossa vida, que podem fazer com que nos reencantemos pela vida”, acrescenta.

Pra finalizar a programação, na sexta, 29, houve a apresentação dos talentos do campus, animando e encantando a todos em uma bonita atividade cultural de música, dança e brincadeiras.

A psicóloga do Campus, Mônica Coeli, avalia as atividades de forma bastante positiva, isto porque considera “o setembro amarelo é um marco dentro da instituição, nós trabalhamos durante este mês o valor da acolhida, o valor da escuta e do abraço e eu vejo que trouxe muitas reflexões, procurando envolver todos os segmentos da instituição. Aqueles professores que abriram espaço e desenvolveram atividades dentro da sala de aula relatam que veem os alunos mais motivados, mais felizes. Só com um pouquinho mais de cuidado e a gente já vê um ganho”.

A intenção é continuar fazendo trabalhos de sensibilidade e de valorização da vida de forma constante no Instituto, incentivando a cultura do acolhimento, respeito e diálogo para com quem esteja passando por desafios emocionais ou psicológicos. 

Se precisar conversar, o Departamento de Assistência Estudantil e Ações Inclusivas, por meio do Setor Psicossocial, atende das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00. Contatos: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / (91) 3412-1625.

registrado em:
Fim do conteúdo da página